09.02.2018
Carisma, lanches e R6: YeaH! Gaming promete para o Six Invitational
Antes conhecida como Lanchonete do Xande, time vem com tudo pro mundial e tem Gabriel “Fallen” Toledo como sócio

Na próxima terça-feira (8), terá início a nova temporada do Six Invitational. E para começar, nada melhor do que levantar o perfil dos quatro representantes do Brasil, que disputarão uma das maiores competições de Tom Clancy’s Rainbow Six Siege, em Montreal, no Canadá.

Entre os brasucas no circuito, o time YeaH! Gaming é o que mais chama atenção pelo caminho percorrido até aqui.

Deliciosa. Essa certamente é a melhor palavra para definir a trajetória do time nas classificatórias para o mundial. O motivo? Antes de se tornar YeaH! Gaming, o nome da organização era Lanchonete do Xande - ou Lanchonete e Suqueria do Xandão, como também passou a ser conhecida.

 

Nessa época, o time era formado por ex-atletas de Pain e INTZ, sendo eles: João “Yoona” Gabriel, Guilherme “Revo1Tz” Constancio, Gabriel “gCR” Teixeira, David “SpwNs” Couto e Gabriel “Fk1” Sousa. E essa é a mesma formação que você vai ver no Invitational.

 

O nome inusitado que, sem dúvidas, causava muita fome a que acompanhava os jogos da equipe, surgiu de uma brincadeira com uma lanchonete em Bangu, no Rio de Janeiro, a Sucão do Xande.

 

Com a exposição da marca no circuito de R6, a lanchonete Sucão do Xande ganhou visibilidade (Foto: Divulgação)

 

A fórmula carisma + competência deu certo e a Lanchonete e Suqueria do Xandão fez bonito na qualificatória online para disputar o Six Invitational: da primeira rodada até a semifinal, a organização venceu todos os duelos por 2 a 0, enfrentando a Complex Gaming, Team Rogerhino e Mype Sports, sem grandes dificuldades. Foi assim que a equipe alcançou a vitória, vencendo a BRK eSports por 3 a 1 na decisão.

 

Vaga garantida para o mundial, a Lanchonete do Xande ganhou ares internacionais e passou a se chamar Yeah!Gaming. Agora é torcer pelo sucesso com novo nome.

 

YeaH!, de Bangu para o mundo

Como tudo que é bom dura pouco, o nome divertido da Lanchonete e Suqueria do Xandão fez a alegria de muitos brasileiros, mas deixou de existir. A brincadeira virou coisa de gente grande. E bota gente grande nisso, pois a equipe passou a ter nome novo, mas não para por aí.

 

A organização promete mesmo chegar com tudo, já que um dos seus sócios é ninguém menos que Gabriel “Fallen” Toledo. Isso mesmo, o time despertou interesse do craque da SK Gaming, que expandiu os investimentos na área de Esports durante o open qualify e trouxe toda a line-up (inclusive o coach Igor “igoorctg” dos Santos) para a recém criada equipe.

 

Parabéns para a galera da LANCHONETE! (R6). Sorte de iniciante ou rei Midas no esports? Yeah!@Revo1TzGG @davidbcouto @gcrr6 @fk_rainbow6 @igoorctg @YooonaTV vocês são foda!!!

— Gabriel Toledo (@FalleNCS) 11 de janeiro de 2018

Fallen já estava de olho no potencial da Lanchonete do Xande

É inegável.  Ser apadrinhada não só por Fallen, mas por outros jogadores profissionais de sucesso do CS:GO, como Epitácio “TACO” Filho e Wilton “zews” Prado, além do grande momento vivido na temporada, eleva a YeaH! Gaming para outro nível - reservando muitas surpresas no Six Invitational.

Aliás, a previsão é de que a classificação seja relativamente tranquila por estarem em um grupo no qual o Brasil vem forte. Além da YeaH!, a Black Dragons eSports (uma das favoritas do torneio) também está presente.

 

Na mesma chave, eles ainda enfrentam a norte-americana Elevate e os franceses da Supremacy. Os grandes desafios devem ser Yoona e Revo1Tz, além de gCR - que se destacou na reta final da qualificatória -, mas prometem causar uma má digestão em seus adversários. 

Yoona e Revo1Tz são os caras da YeaH!, mas fique de olho em gCR

O primeiro duelo da equipe não será nada fácil. Em um confronto tupiniquim, a YeaH! já encara a Black Dragons, às 18h (de Brasília), na terça-feira (13). Melhor para nós, amantes de R6 de todo o Brasil, que já veremos muito tiro, porrada e bomba desde o início do mundial.

 

Ah, não se esqueça de acompanhar o duelo com um lanchão e um suco bem geladinho para não bater aquela fome em meio à transmissão.